Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gare do Oriente, Médio

Dois arquitectos portugueses emigram para o Reino da Arábia Saudita. Um escreve (às vezes também esquiça), outro fotografa.

Gare do Oriente, Médio

Dois arquitectos portugueses emigram para o Reino da Arábia Saudita. Um escreve (às vezes também esquiça), outro fotografa.

No longínquo Norte do Reino esconde-se um segredo não muito secreto.

O Golfo de Aqaba. 

 

É uma zona geograficamente interessante. Sentados na praia podemos ver Arábia Saudita (obviamente), Jordânia, Israel e Egipto. Não é um fenómeno, mas é sempre uma trivia que quiçá um dia poder salvar uma noite de Trivial Pursuit.

A minha razão primeira para visitar a região foi primeira a de fazer mergulho no Golfo de Aqaba. E mais uma vez o reino não desiludiu. A água um pouco mais fresca que as do Mar Vermelho mas mesmo assim longe das águas Atlânticas que tive o “fresco prazer” de visitar na minha última visita a Portugal.

 

Mas a viagem mostrou que a viagem seria mais do que apenas águas translúcidas e gentes simpáticas. Esta região fica a meio caminho entre a mítica cidade de Petra na Jordânia e Alula na Arábia Saudita. Bem no coração do reino Nabateu. E apesar de não ter monumentos marcantes, existem pequenos povoados Nabateus que merecem uma visita.

 

Mas na verdade, na verdade, o que eu queria mesmo era ver peixinhos .

Voltarei certamente brevemente.

 

Haql trip - A.jpeg

Haql trip - B.jpeg

Haql trip - C.jpeg

Haql trip - D.jpeg

Haql trip - E.jpeg

Haql trip - F.jpeg

Haql trip - G.jpeg

Haql trip - H.jpeg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.